Resumo do Terceiro dia da SPFW N°41!


29 abr, 2016

Boa noite gente…  Gostaram do post de ontem? Então se preparem que hoje tem mais. Assim, como o post anterior, vou resumir como foi o terceiro dia de SPFW. Também com nove desfiles marcados, o dia começou cheio. Mas assim como nos demais dias, as pessoas estavam ansiosas para alguns desfiles, na verdade quatro chamaram mais atenção: Reinaldo Lourenço, Iódice, A La Garçonne e Triya. 

Para começar, vamos falar de Reinaldo Lourenço. O estilista continua com seu trabalho de faixas, que formam listras mais largas ou finas nas peças, e vão virando pregas em outras até serem transformadas em estampas. As tiras de tecido também desenham graficamente os vestidos em debruns, são espaçadas e intercaladas com tule em looks com transparência, ou costuradas formando listrados largos com vazados pontuais.

Confiram um pouco dos looks desfilados:

r1

r2

r3

 

Outro desfile aguardado, foi da Iódice. A parceria de Waldemar Iódice com Simone Nunes tem rendido bons frutos. Simone trouxe suavidade à sensualidade tradicional da marca, acrescentando novos shapes e construções que se conectam com os desejos de moda mais contemporâneos. As mangas superlongas é um exemplo. Outro é a silhueta oversized confortável, molenga em tecidos como a seda. A cartela de cores, traz tons pastel empoeirados como o azul, o verde e o bege combinados com cores mais vibrantes de azul, cereja, amarelo. As amarrações são mais felizes nos looks que puxam para o streetwear, combinados com camisas com corte masculino. Nos looks para ocasiões mais coquetel, quem gosta do estilo mais sexy não se decepcionará com os vestidos mídi decotados de tricô.

Confiram:

i1

i2

i3

O próximo desfile foi o mais aguardado ao meu ver, por ser a primeira coleção de Alexandre Herchcovitch fora de sua própria marca. E uma curiosidade é que toda coleção foi feita em 45 dias, e detalhe: com apenas 6 pessoas na equipe. Isso mesmo gente, um trabalho que duraria uns 8 meses, durou um pouco mais do que um mês. E a marca arrasou,  com uma coleção que misturou ingredientes da alta-costura ao street, como Alexandre sabe fazer muito bem. 

Com olhar sustentável – a marca aposta no reaproveitamento de peças e no uso de tecidos reciclados – a coleção teve como ponto alto uma alfaiataria muito feminina, com silhuetas que flertavam com a couture e em tons vibrantes, assim como jaquetas perfeitas pintadas à mão.  

Quem quiser adquirir alguma peça da coleção, as peças já podem ser encontradas nas lojas da NK Store em SP e no Rio (feminino) e na loja própria da marca (feminino e masculino), assim como os sapatos vegano em parceria com a Di Cristalli e as bijoux feitas com Hector Albertazzi, ambos já disponíveis no site das marcas. Confiram alguns looks:

l1

l2

l3

E por último o a Tryia, que mostrou um desfile forte, inspirado no deserto, no céu, na força feminina e em alguns de seus signos, como a lua e a serpente. Daí surgiu uma imagem étnica, com as mulheres queimadas pelo sol e com tranças muito despenteadas. A coleção tem mais de 20 estampas  e com peças super cavas asa delta e muito bumbum à mostra. 

A Tryia trabalhou com uma diversidade de tecidos que vão muito além da lycra, como seda e veludo. A paleta de cores com tons do deserto pontuam a coleção e vale ressaltar a estampa do céu à noite, cheio de estrelas. Confiram:

t1

t2

t3

t4

O que acharam do terceiro dia meninas? Beijos, Beijos!



          DEIXE O SEU COMENTÁRIO




O Segundo dia do SPFW!


27 abr, 2016

Boa tarde meninas… Hoje eu trago para vocês um resumo do que aconteceu no segundo dia de SPFW. Com nove desfiles marcados, quatro chamaram mais atenção do público: Paula Raia, Lolitta, PatBo e Karl Lagerfeld para Riachuelo.

Começando com o lindo desfile de Paula Raia, que aconteceu em sua casa no Jardim América sob os olhares de seus dois filhos.  A passagem do tempo é a principal inspiração. Os vestidos que aparecem no início são brancos e, no decorrer do desfile, vão “sofrendo” a ação do tempo, ficando gastados ou amarelados. Uma espécie de degradê com naturalidade e beleza. Paula Raia desenvolveu longos e midis feitos de sedas feltradas com bordados de ponto francês e até “trepadeiras” de tecido aplicadas nas roupas, além de sobreposições de camadas.  Outro ponto importante é a parceria entre Paula Raia e o stylist e artista Mauricio Ianes, formando uma ótima dupla criativa.

Confiram alguns looks: 

pr1

pr2

pr3

Depois de ver leveza no desfile de Paula Raia, vamos ver muita cor com a Lolitta. Depois de provar que tem pleno domínio do tricô como matéria-prima, propondo texturas e modelagens das mais variadas, Lolitta Hannud usa seu desfile para brincar com as cores. Lolitta foi buscar nas cores a inspiração pra essa coleção ou em como trazer energia e luz através das cores. Com uma cartela super ampla, que vai do branco, passando por azuis, verdes, rosados e tons neon, até os avermelhados em faixas elásticas que se dobram no corpo compondo grafismo arlequim e deixando partes da pele à mostra.  

Confiram alguns looks desfilados: 

lo1

lo2

lo3

 

Um dos desfiles mais aguardados do segundo dia foi o da queridinha PatBo. O Brasil é a inspiração da coleção. A estilista Patricia Bonaldi partiu das cores da bandeira pra criar a coleção, que é uma verdadeira explosão de verdes e amarelos.  A estilista misturou cetim douchesse com fio de aço, viscose e linho, jeans e bordados manuais, criando texturas, volumes e um encontro feliz de estampas e cores.  O mood tropical das estampas migrou para saias que mais pareciam adornadas com folhas de bananeira feitas de tecido. E, os bordados que fizeram a fama da estilista se tornaram coadjuvantes da coleção, dando destaque para as flores feitas com linha. Curiosas? Confiram alguns destaques:

Pat1

Pat2

Pat3

 

E dentro os quatro desfiles que selecionei, o mais aguardado foi a coleção de Karl Lagerfeld para Riachuelo. A marca inovou e encerrou seu desfile montando uma loja com todos modelos da linha em plena passarela e ali mesmo as vendas começaram. Na saída foi montado o caixa. Quem estava no desfile, pode adquirir as peças inéditas, antes mesmo delas chegarem as lojas (elas chegam as lojas hoje, 27/04). 

Para  quem AMA, assim como eu, o estilo de  karl, diretor criativo da Chanel e da Fendi, a coleção está maravilhosa. Com peças que são a marca registrada do estilista, a linha traz a silhueta do rosto de Lagerfeld tanto em t-shirts como formando pied-de-poules em calças skinny e camisas de manga longa, além de estampar as botas de cano curto, bico fino e salto alto e as bolsas matelassadas com o perfil de Lagerfeld. As luvinhas curtas tipo motoqueiro, com os dedos para fora em versão couro ecológico, assim como a calça e a saia ajustada com plissado na barra, do mesmo material, compõem os modelos que têm no DNA a silhueta slim, a cartela de cores PB e o mood dandy roqueiro de Karl Lagerfeld. A camisa abotoada até o pescoço com acessórios na gola é peça-chave vinda do guarda-roupa masculino e uniforme de Lagerfeld. Da alfaiataria também vem um blazer tipo smoking, uma calça mais ajustada e uma saia. Destaque para as bolsas com aplicações de gatinho, numa alusão a Choupette, a gata do estilista.

Confiram alguns looks:

karl1

Karl2

Karl3

 

Gente, eu amei esse segundo dia e vocês?

Beijos, Beijos!



          DEIXE O SEU COMENTÁRIO




Verão 2017 da Lilly Sarti no SPFW !


27 abr, 2016

Boa noite amores… E começou ontem mais uma edição do SPFW. Com várias pessoas do mundo da moda e desfiles mostrando as novas tendências, uma marca que chamou atenção foi a Lilly Sarti.

Mais leve que nas outras coleções, Lilly e Renata Sarti propõem um sertão esvoaçante com tons terrosos, onde os vestidos com decote profundo feitos de seda transparente em tom de verde celadon chamam atenção.

Confiram alguns looks propostos pela grife:

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Lilly Sarti

Meninas, no decorrer da semana, vou postando outras novidades da SPFW. 

O que acharam? Beijos, Beijos!



          DEIXE O SEU COMENTÁRIO




LeaLov lança coleção de casacos!


25 abr, 2016

Boa tarde gente… A designer Marina Petti, conhecida por criar um outerwear luxuoso de perfume étnico e artesanal, acaba de lançar a nova coleção de sua marca, a LeaLovNomeada de The Hunter Collection, a coleção conta com um total de 10 peças, entre eles casacos, jaquetas e coletes em materiais como couro, camurça e pele sintética, todos repletos de bordados e aplicações.

As peças podem ser encontradas na multimarcas Viola, em Londres, no e-commerce Not Just Like a Label e, em breve, no Blaiza.Co.Uk. E ainda tem mais: no mês de julho, a LeaLov lançará sua primeira linha de acessórios. Confiram:

nova_colecao_lealov_-_1

nova_colecao_lealov_-_2

Gostaram? Beijos, Beijos!



          DEIXE O SEU COMENTÁRIO



Snapwidget

.

.